Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ A favor da valorização da vida

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

06/09/2018 16h15 - Atualizado em 06/09/2018 16h57

A favor da valorização da vida

Fórum de discussão e atividades esportivas são algumas ações preparadas para o Setembro Amarelo

A Prefeitura de Anápolis abraçou a campanha Setembro Amarelo e preparou uma programação especial que envolve palestras, relatos, conversas intensificação de ações de prevenção, esporte e cultura, tudo a favor da valorização da vida. Além do trabalho já realizado nos três Centros de Atenção Psicossocial  - Crescer, para tratamento infanto-juvenil; Vida Ativa, destinado a adultos; e AD Viver, para atendimento a dependentes de álcool e drogas - acontece nos dias 19 e 20 de setembro, o 1º Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio. Faça a sua inscrição aqui.

Segundo a gerente de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, Ana Paula Mizuno, o Fórum – que conta coma parceria da Secretaria Estadual de Saúde e UniEVANGÉLICA - visa envolver todos os setores da sociedade nesse tema que ainda é difícil de ser discutido, mas que a cada dia acomete mais pessoas. “Em todo o País há um crescimento assustador no número de tentativas de suicídio e de automutilação. E a preocupação se torna maior ainda quando o aumento dos casos é entre crianças e adolescentes”, ressalta. Veja abaixo a programação do Fórum.

Outra atividade que faz parte da campanha Setembro Amarelo é o Circuito Anapolino de Corrida de Rua. Na edição de setembro, que vai acontecer no dia 30, no Jardim das Américas, todos os participantes são convidados a utilizar a cor amarela. “O esporte é uma ferramenta importante no cuidado com a saúde mental. A adesão dos atletas é de grande valia para a campanha”, destaca Ana Paula Mizuno. As inscrições da corrida estão abertas até 23 de setembro e podem ser feitas aqui.

Setembro Amarelo

Alegria, otimismo e jovialidade é o que o amarelo representa. E nada melhor que essa cor para marcar o mês de prevenção ao suicídio, uma prática que normalmente é motivada pela depressão e outras doenças e transtornos ligados à saúde mental, e que mesmo com tantos casos notórios, crescentes a cada ano, ainda existe uma expressiva barreira para falar sobre o problema.  Assim surgiu, em 2015, o Setembro Amarelo, por iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), implantado primeiro em Brasília e estendido a todo País.

Números

De acordo com estudo da Sociedade Brasileira de Psiquiatria e Conselho Federal de Medicina, todos os anos são registrados cerca de dez mil suicídios no Brasil e mais de um milhão em todo o mundo. A Organização Mundial de Saúde também fez um levantamento em que o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idades entre 15 e 29 anos. Todos os dias, pelo menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas. Números que devem evitados ou reduzidos com políticas eficazes de prevenção do suicídio. “Por isso, estamos desenvolvendo estratégias de combate a esse problema que afeta milhões de pessoas”, salienta a gerente de Saúde Mental.

Em julho deste ano o Centro de Valorização da Vida (CVV) - uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com prevenção ao suicídio, por meio de voluntários que dão apoio emocional a todas as pessoas que querem e precisam conversar – deu um importante passo com a gratuidade do número 188 em todo o Brasil. É por meio dele que, juntamente com o Ministério da Saúde, estados e municípios, atua na prevenção de suicídios e salva milhares de vidas. Em Anápolis, passou a ser um instrumento de auxílio às três unidades do Caps.

Programação

1º Fórum Setembro Amarelo

Local: auditório do Senac – Av. Contorno

19 de setembro

8h - Credenciamento

8h30 - Abertura oficial

8h45 - Apresentação Musical – CAPSi Crescer

9h - “O normal e o patológico” –representante da Superintendência de Políticas de Atenção Integral à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde

9h30 - “Morte e Suicídio” - Elizabete Espiridião – psicóloga e enfermeira

10h45 - “Medidas Preventivas em Saúde Mental” - Vigilância Sanitária

Mesa Redonda sobre transtornos relacionados a tentativas de autoextermínio e suicídio

13h30 - Transtorno de Personalidade Borderline – Dra. Célia Salgado

14h - Transtorno de Humor Bipolar- Dr. Jairo Belém

14h30 - Transtornos da Infância e Adolescência (Automutilação) -  Muriel Romero da Costa e Silva

15h - Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool e Outras Drogas - Jéssica Batista Araújo

15h45 – Relatos

16h30 – Discussão sobre os temas

 

20 de setembro

8h - Dimensões do Cuidado em Saúde Mental- Dr. Daniel Gamero e Marta Brandão

9h - Famílias Enlutadas- Hevelim Oliveira Rótulo - coordenadora do Nasf

9h30 - Relatos

10h - Apresentação do grupo teatral “HistrioNus” - Secretaria Municipal de Cultura

10h30 - “O que me faz querer viver” – Juliane Macedo - enfermeira e professora da UniEVANGÉLICA

13h30 - “Mídia e Redes Sociais” - Santiago Plata – embaixador do “Youth SID.br” – Dia da Internet Segura da SaferNet Brasil

14h - “Fé: fator de prevenção” – Rogério Borges da Silva - gerente da Superintendência de Políticas de Atenção Integral à Saúde da Secretaria Estadual de Saúde

14h30 - Urgências Psiquiátricas – Dr. Alex Costa - diretor técnico do Samu

15h15 - Fórum

17h15 – Encerramento

 

9º Circuito Anapolino de Corrida de Rua – 5ª Etapa

Data: 30/09

Horário: 8h

Local: Avenida Brasil, próxima à Saneago (lateral da Vila dos Oficiais da Aeronáutica) – Jardim das Américas – 1ª etapa