Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ “Deixa que eu conto” abre 26ª Mostra de Teatro de Anápolis

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

28/06/2018 11h57 - Atualizado em 28/06/2018 14h04

“Deixa que eu conto” abre 26ª Mostra de Teatro de Anápolis

A programação acontece até domingo, 1º, com apresentações no Parque Ipiranga e no Teatro Municipal

Foto: Paulo Giovanni/Ascom

Nem mesmo o jogo da seleção brasileira impediu que dezenas de pessoas prestigiassem a abertura da 26ª Mostra de Teatro de Anápolis, ocorrida na tarde de quarta-feira (27), no Parque Ambiental Ipiranga. O espetáculo ‘Deixa que eu conto’, da Companhia Anapolina de Teatro (CAT) foi o primeiro do evento realizado pela Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Associação Cultural Motriz, com investimentos do Fundo Estadual de Arte e Cultura de Goiás e da Caixa Econômica Federal. As apresentações seguem até o domingo, dia 1º de julho.

“Compartilhando a visão de que a arte é um fator transformador nas vidas das pessoas é que buscamos mais parceiros e investimentos para a cultura na cidade”, disse o secretário municipal de Cultura, Erivelson Borges, durante a cerimônia de abertura da Mostra, cuja programação inclui mais de 15 apresentações, oito espetáculos premiados e duas performances anapolinas convidadas. “Uma das mais importantes manifestações do nosso calendário, tanto pelo volume de participantes, quanto pela qualidade dos espetáculos”, arrematou Erivelson Borges.

Estiveram presentes a representante da Caixa Econômica, a superintendente de governo Elma Aparecida, pela Câmara Municipal, a vereadora Maria Geli Sanches, e o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luiz Sérgio Fragelli. A programação começou na manhã de ontem (27) e estende até este domingo, dia 1º, com atividades pelas manhãs, tardes e noites. Todas as ações são gratuitas.

Espetáculo de abertura

O espetáculo convidado “Deixa que eu Conto”, da CAT, mescla histórias diversas dos contos da cultura popular de através das performances das personagens com música, cor e intensidade em sua expressão. Através de histórias bem conhecidas pelos causos populares o público pode se identificar com algumas das estórias. Essa parceria contou com a direção e apoio de Ribamar Ribeiro, com apresentações realizadas desde o início deste ano.

Ribamar junto a Hugo Rodas e Ricardo Augusto compuseram a Comissão que selecionou e premiou os oito espetáculos desta edição da Mostra. “Sou do Rio de Janeiro e enquanto lá vivemos o desmonte das ações e políticas culturais, percebemos que Anápolis está na contramão desse processo, investindo e avançando no setor”, declarou Ribamar.    

Confira a programação completa do evento

28 de junho (quinta-feira)

9h às 17h – Oficina 1: “A cena em matrizes da tradição” - com Graça Veloso
Local: Estação Ferroviária

15h - Espetáculo: “Arreia a Mala” – Cia Volta Seca/Anápolis (GO) - Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

18h - Performance: “Maiêutica” – Grupo Spectrolab/Cuiabá (MT) - Classificação: Livre
Local: Percurso saindo do Parque Ipiranga

19h30 – Performances da Escola de Teatro de Anápolis (GO) – Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

20h - Espetáculo: “Dest#lado” – Cerrado Produções/Anápolis (GO) - Classificação: 16 anos
Local: Teatro Municipal

29 de junho (sexta-feira)

9h às 17h – Oficina 2: “O que pode um corpo cênico?” - com Alice Stefânia
Local: Estação Ferroviária

15h - Espetáculo: “Deixa que eu Conto” - CAT / Anápolis-GO
Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

18h - Espetáculo: “Arreia a Mala” – Cia Volta Seca/Anápolis-GO - Classificação: Livre
Local: Parque Ipiranga

19h30 – Performances da Escola de Teatro de Anápolis – Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

20h – Espetáculo: “Vulcão” – Diane Veloso/Aracaju (SE) – Classificação: 14 anos

Local: Teatro Municipal

30 de junho (sábado)

9h às 17h – Oficina 2: “O que pode um corpo cênico?” - com Alice Stefânia
Local: Estação Ferroviária

12h - Performance: “Maiêutica” – Grupo Spectrolab/Cuiabá (MT) - Classificação: Livre
Local: Percurso saindo da Estação Ferroviária

16h – Espetáculo: “Deslizes” – Coletivo Nopok/Rio de Janeiro (RJ) – Classificação: Livre

17h30 – Diálogo entre os grupos participantes da Mostra
Local: Parque Ipiranga

19:30 – Performances da Escola de Teatro de Anápolis – Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

20h – Espetáculo: “Tsunami” – Grupo Sutil Ato/Brasília (DF) – Classificação: 14 anos
Local: Teatro Municipal

1º de julho (domingo)

16h – Espetáculo: “La Conquista” – Dalecirco/Florianópolis (SC) – Classificação: Livre
Local: Parque Ipiranga

17h30 – Roda de Conversa com Ricardo Augusto – Trupe de Truôes/Uberlândia(MG)
Local: Teatro Municipal

20h – ENCERRAMENTO: Performances da Escola de Teatro de Anápolis – Classificação: Livre
Local: Teatro Municipal

Endereços dos locais das apresentações:

Parque Ambiental Ipiranga – Av. Professora Zenaide Roriz, s/n - Jundiaí

Estação Ferroviária – Rua Tonico de Pina, Centro - em frente à Praça Americano do Brasil e ao lado do Terminal Urbano

Teatro Municipal – Centro Administrativo - Av. Brasil, nº 200 - Centro

“Deixa que eu conto” abre 26ª Mostra de Teatro de Anápolis