Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Anápolis se mobiliza novamente contra o Aedes Aegypti

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

07/11/2017 11h42 - Atualizado em 07/11/2017 12h02

Anápolis se mobiliza novamente contra o Aedes Aegypti

No dia 14, às 8h30, no Teatro Municipal, tem início o movimento "Anápolis contra a dengue"

Com a chegada do período chuvoso a Prefeitura de Anápolis volta a intensificar os cuidados com a dengue, chikungunya e zika vírus. Para isso, retoma reuniões com igrejas e sociedade civil organizada para  reforçar essa luta, que resultou numa queda de 90% dos casos da doença no início desse ano em relação ao mesmo período de 2016. O primeiro encontro aconteceu na manhã da terça-feira, 7, entre o prefeito Roberto Naves e representantes da igreja católica.

A gerente do Controle de Doenças Transmitidas por Vetores da Secretaria Municipal de Saúde, Érica Dias, apresentou números impressionantes em relação ao trabalho feito com esses parceiros desde o início do ano. Ela explicou que a redução de 90% dos casos, também resultou numa economia de R$ 3,6 milhões aos cofres da saúde, pois cada pessoa, apenas com uma suspeita da doença, gera um custo mínimo de R$ 120. "Essa redução foi sentida não só na saúde da nossa população", ressaltou.

Outro dado importante apresentado pela profissional da área foi de que 85% dos focos do Aedes Aegypti foram encontrados em residências habitadas. E a população é a maior responsável, seja pelos cuidados adotados, seja pela recepção ao agente. "E esse foi o ponto fundamental dessa ação conjunta. A conscientização que vocês e os outros parceiros fizeram foi essencial para sensibilizar o cidadão da importância dos cuidados e da visita dos agentes", disse o prefeito Roberto Naves.

Representando o bispo Dom Frei João Wilk, o padre Francisco Soares, da Paróquia São Cristóvão, observou que essa mobilização é extremante importante para cobrar uma ação da sociedade por se tratar de uma causa de todos. "A dengue e demais doenças transmitidas pelo mosquito não escolhe vítima, por isso todos devem estar engajados nessa luta", declarou.

As reuniões com os parceiros têm continuidade na quinta-feira, 9, às 9h, com representantes das igrejas evangélicas. Já no dia 14, às 8h30, no Teatro Municipal, acontece a grande mobilização "Anápolis contra a dengue" com a participação de vários representantes da sociedade e entidades classistas.