Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Banco de Leite do município ganha sede própria

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

05/12/2018 16h35 - Atualizado em 05/12/2018 17h24

Banco de Leite do município ganha sede própria

Entrega da nova unidade faz parte do processo de reestruturação da rede municipal de saúde

Foto: Daniel Carvalho/Ascom

A alegria de Raqueline com o nascimento da Olivia, há dois meses, veio junto com o medo porque a criança havia nascido abaixo do peso. Apesar de ter leite, a mãe não conseguia amamentar a filha o suficiente. “Eu fiquei desesperada. Tinha leite, mas ela não pegava. Via minha filha tão pequena, não se alimentando direito, e sofria muito com tudo aquilo. Mas fiquei sabendo do trabalho do Banco de Leite e minha vida mudou”, conta.

A história de Raqueline é apenas uma das muitas que passaram pelo Banco de Leite Humano “Elaine Miriam de Oliveira” que, nesta quarta-feira, 5, ganhou sede própria após 21 anos de criação. E Olivia estava lá misturando sua história com a da “Dona Lilia”, outro xodó da unidade. A primeira recebeu os cuidados que precisava para sua saúde e a segunda dedicou boa parte de sua vida à auxiliar muitas mães nesse processo único que é a amamentação.

Maria José de Oliveira e Silva, a “Dona Lilia”, foi uma das homenageadas pelo prefeito Roberto Naves durante a inauguração da sede própria do Banco de Leite. “Fico feliz em ver que tudo está melhorando e isso aqui era um sonho de todos nós”, diz a servidora pública que, embora aposentada, não deixa de visitar o lugar que sempre foi sua segunda casa. Lúcia Teixeira Borges, que trabalha na unidade desde a fundação, também foi lembrada e viu com a alegria a transformação do sonho em realidade.

A inauguração das sede própria do Banco de Leite Humano faz parte do processo de reestruturação da rede municipal de saúde. O local, que funcionava em um espaço dentro do antigo Cais Mulher, agora passou para um prédio totalmente adequado ao tipo de atendimento, no Bairro São Joaquim. Toda a estrutura foi ampliada oferecendo mais comodidade e segurança às mamães. “Nossa prioridade sempre foi melhorar o acolhimento e agora podemos fazer isso”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Lucas Leite.

E essa melhoria no acolhimento também foi pontuada pelo prefeito Roberto naves. “Agora as mamães e seus bebês terão um local específico para este atendimento, longe de qualquer ambiente que ofereça algum tipo de risco”, destaca. Outra novidade anunciada é que, a partir de agora, a unidade oferece atendimento especializado de odontologia e psicologia às gestantes, mulheres pós-parto e em fase de amamentação. “E, em breve, teremos nutricionista”, frisa o prefeito.

Ainda participaram do evento os vereadores Lélio Alvarenga, Deusmar Japão e Domingos Paula. Eles elogiaram a nova unidade e a reestruturação feita pelo prefeito Roberto Naves na rede municipal de saúde. “Foi preciso muita coragem e ousadia para fazer essas mudanças que estão beneficiando a população”, disse Japão.

Acompanhamento

A equipe do Banco de Leite, que é composta por profissionais altamente capacitados, realiza atendimento individualizado a fim de promover o aleitamento e incentivar a doação para crianças que estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e para aquelas que as mães não conseguiram produzir a quantidade razoável para uma amamentação adequada. Atualmente, existem 60 doadoras.

O Banco de Leite também oferece o atendimento às mães e aos bebês cadastrados com uma pediatra que é especialista em atendimento materno. A coordenadora Raquel de Castro Rodrigues ressalta que, com a ampliação e sede própria, vai ser possível oferecer um atendimento ainda mais qualificado. “Queremos oferecer o melhor às nossas pacientes”, finaliza.

Serviço
Banco de Leite Humano “Elaine Miriam de Oliveira”
Endereço: Avenida Cachoeira Dourada, Praça Martins – Bairro São Joaquim
Telefones: 0800 646 3223 e 3902-1722

Banco de Leite do município ganha sede própria