Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Central de Recadastramento Biométrico é inaugurada

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

22/04/2013 17h41 - Atualizado em 22/04/2013 17h43

Central de Recadastramento Biométrico é inaugurada

Prefeitura de Anápolis é parceira da iniciativa que também atenderá eleitores dos municípios de Ouro Verde e Campo Limpo de Goiás

Alessandra Paula

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Para oferecer mais agilidade no atendimento aos eleitores de Anápolis e região, a nova Central de Recadastramento Biométrico, localizada no Anashopping, foi inaugurada nesta segunda-feira, 22. O órgão implantado por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) atenderá eleitores de Anápolis, Ouro Verde e Campo Limpo de Goiás.  A Central atenderá a população de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, no Piso II do Anashopping, localizado na Avenida Universitária.  

A inauguração contou com a presença do prefeito Antônio Roberto Gomide, do vice-prefeito, João Gomes, do presidente do TRE-GO, desembargador Gilberto Marques Filho, do juiz membro do TRE-GO, desembargador Airton Campos, do juiz da 141ª Zona Eleitoral de Anápolis, Gleuton Brito Freire, dos vereadores, Amilton Filho e Eber Mamede, do procurador geral do município, Edmar Silva, do secretário municipal de Comunicação Social, Ceser Donisete e do controlador geral do município, Wilmar Martins.

Segundo o procurador geral do município, Edmar Silva, a parceria da Prefeitura de Anápolis com o Tribunal Regional Eleitoral é de grande contribuição para agilizar o recadastramento biométrico. “Estamos muito satisfeitos por essa parceria que, além da agilidade, irá proporcionar mais comodidade aos eleitores”, disse.

O juiz da 141ª Zona Eleitoral de Anápolis, Gleuton Brito Freire, falou sobre o importante trabalho que a justiça vem realizando no processo eleitoral brasileiro, em especial, a transparência e lisura das eleições nos estados. “Estamos na vanguarda de segurança do processo eleitoral. Temos urna eletrônica, que já é um grande avanço, agora contamos com a biometria que, sem dúvida será um processo revolucionário”, esclareceu.

Durante seu discurso o presidente do TRE-GO, desembargador Gilberto Marques Filho, falou sobre a importância da biometria para o processo eleitoral sendo um projeto de primeiro mundo e destacou a parceria da Prefeitura de Anápolis, como peça fundamental para que este processo acontecesse no município. “Sem a contribuição da administração municipal teria sido improvável a implantação da central em Anápolis. A Prefeitura nos deu resposta positiva e nos facilitou com mão de obra, infraestrutura e divulgação”, afirmou.

Para o prefeito Antônio Roberto Gomide, o momento é de grande alegria para o município por estar participando de um projeto tão importante como o recadastramento biométrico. Na oportunidade, ele reafirmou a parceria da Prefeitura com o Tribunal Regional Eleitoral. “O nosso intuito é melhorar e agilizar o atendimento à população e garantir mais comodidade, por isso mais uma vez firmamos nossa parceria e estamos à disposição para contribuir com a justiça eleitoral no que for possível”, finalizou.

 O cadastramento

De acordo com estimativa do TRE, aproximadamente 260 mil eleitores serão atendidos pela Central de Recadastramento. Para a revisão, o eleitor deve levar documento de identificação, título eleitoral e comprovante de residência. O recadastramento é um processo compulsório de revisão eleitoral que inclui coleta de dados e digitais do eleitor e é um processo obrigatório. Portanto é importante que o eleitor compareça e evite filas e transtornos, e ainda o cancelamento do seu título.

Os eleitores deverão comparecer à Central de Atendimento Biométrico para fazer a revisão dos dados e a coleta das digitais. Os eleitores que, por ventura, não comparecerem à Central terão o título eleitoral cancelado. O documento é imprescindível ao cidadão à obtenção de passaporte, carteira de identidade e ao Cadastro de Pessoa Física (CPF). Sem o título de eleitor também não é possível se matricular em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, inscrever-se em concurso público, participar de concorrência pública, obter empréstimo em bancos oficiais, entre outros.

Central de Recadastramento Biométrico será inaugurada em Anápolis