Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Empreendedorismo anapolino recebe incentivo

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

15/08/2018 12h48 - Atualizado em 15/08/2018 14h16

Empreendedorismo anapolino recebe incentivo

Banco do Povo dispõe de R$ 1 milhão para investimento em Anápolis e oferece orientação para micro e pequenos empresários conseguirem o benefício

Foto: Daniel Carvalho - Ascom

Palestras com orientações, capacitação e formalização para instruir quem deseja investir no seu próprio negócio. Esse foi o objetivo do Dia do Empreendedor, um evento que aconteceu nesta terça-feira, 14, no auditório do Senai, em Anápolis, organizado pela Prefeitura/Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Turismo, em parceria com o Banco do Povo, Sebrae e Goiás Fomento.

O evento, que contou com a participação de centenas de anapolinos, foi uma oportunidade para micro e pequenos empreendedores, como artesãos, produtores rurais e recém formados – pessoas físicas e jurídicas – entenderem como podem receber crédito para produzirem e prosperarem, por meio do próprio trabalho e experiência.

Um dos palestrantes do evento, o superintendente do Banco do Povo, Danilo Rabelo, lembrou que, com a crise econômico-financeira vivida pelo Brasil, que aumentou a taxa do desemprego, cresceu muito o empreendedorismo. “Em Anápolis existe o Daia, mas também existem os pequenos empresários e o Banco do Povo apoia este segmento empresarial”, afirmou.

O vice-prefeito Márcio Cândido prestigiou o evento e explicou que a atual gestão acredita que o progresso de um município vem por meio do trabalho, e, por isso, muitas parcerias têm sido feitas a fim de incentivar aqueles que querem prosperar com o próprio negócio.

“O evento estava lotado de pessoas cheias de sonhos, expectativas, projetos e idéias. Pessoas que estão procurando trazer progresso para a nossa região. Quando o governo cria linhas de crédito, proporciona essas possibilidades para o povo. O brasileiro é empreendedor por si, o que falta são condições”, disse o vice-prefeito.

No total, estão disponíveis R$ 1 milhão em linhas de crédito para Anápolis. Os valores de financiamentos variam de R$ 500,00 a R$ 15 mil, que podem ser parcelados em até 36 meses, com taxas de juros de apenas 0,25% ao mês e 3% ao ano.

Oportunidade

Quem não compareceu ao evento, mas deseja aproveitar essa oportunidade, deve procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que fica no feirão do Bairro Jundiaí, ou alguma das duas unidades do Vapt Vupt. “É algo muito simples de se fazer, não é burocrático como muitas pessoas pensam. É uma oportunidade para as pessoas crescerem e nós estamos aqui para ajudar”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Adriano Baldy.

Os interessados devem levar as cópias da identidade, CPF, assim como o orçamento da empresa e o comprovante atualizado de endereço do proponente e avalista.

O secretário de Desenvolvimento do Estado de Goiás (SED), Leandro Ribeiro, fez a abertura oficial do evento e lembrou que cerca de 60% da população brasileira sonha em abrir uma empresa. Mas ele alerta para a necessidade de que o interessado passe por uma capacitação técnica, inclusive em cursos oferecidos pelos Institutos Tecnológicos de Goiás (Itegos) e pelo Sebrae. 

Ribeiro esclareceu que o Banco do Povo dispõe de uma linha de crédito de R$ 15 milhões para financiar os microempreendedores goianos, a juros de 0,5% ao mês, os menores do mercado. Este ano, o Banco do Povo já liberou R$ 683 mil em financiamentos aos microempreendedores e outros 400 projetos estão em análise pelo Banco e pela Agência de Fomento de Goiás. 

Empreendedorismo anapolino recebe incentivo