Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Força-tarefa enfrenta poluição sonora em Anápolis

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

17/04/2017 14h13 - Atualizado em 17/04/2017 14h20

Força-tarefa enfrenta poluição sonora em Anápolis

Forças que compõem o Observatório de Segurança se reuniram para definir um plano de ação

A poluição sonora que afeta a cidade de Anápolis ganhou um adversário à altura. Acaba de ser criada uma força-tarefa que vai coibir os abusos. É o caso de infrações que vem sendo cometidas por condutores de veículos com som automotivo ou proprietários de motos com escapamentos adulterados. O mesmo acontece em festas e casas noturnas, dentre outras situações.

A partir de hoje, já estão atuando conjuntamente o Observatório de Segurança Pública Municipal, as polícias militar e civil, a Divisão de Postura, o Juizado de Menores e a Câmara Municipal. Nesta manhã, estes órgãos estiveram reunidos, no Observatório, para definir um plano de ação.

Segundo o assessor especial do Observatório de Segurança Pública Municipal, Glayson Reis, as ações serão contínuas e coordenadas, buscando abordagens que favoreçam a punição de todos os ilícitos praticados.

A pretensão é dificultar a vida de quem pratica crimes ambientais ou contravenções, por meio da poluição sonora. Nesse sentido, além da aplicação de multas, haverá ainda a apreensão dos veículos dotados de som automotivo, lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), ou prisão por crime ambiental. O proprietário terá que apresentar a nota fiscal dos equipamentos de som.

No caso de residências ou casas noturnas, além de disciplinar a altura do som e o horário de funcionamento, o plano de ação pretende verificar a ocorrência de crimes ou a presença irregular de menores.