Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Pacientes dos Caps de Anápolis dão show nos Jogos Goianos

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

03/12/2018 13h56 - Atualizado em 04/12/2018 11h27

Pacientes dos Caps de Anápolis dão show nos Jogos Goianos

Trata-se da primeira edição do evento, que foi realizado no sábado, 1º de dezembro, na Faculdade de Educação Física e Dança da UFG

Cerca de 40 pacientes dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) AD Viver, Vidativa e Crescer, representaram Anápolis na primeira edição dos Jogos Goianos da Saúde Mental. E os nossos atletas deram um verdadeiro show. Apesar de todos os envolvidos receberem premiação, a equipe do Caps Vidativa ficou em segundo lugar no quesito participação. “Atividades como esta promovem a socialização e auxiliam no tratamento destes pacientes”, destaca a coordenadora do Caps AD Viver, Poliane Moreira.

O evento realizado no sábado, 1º de dezembro, na Faculdade de Educação Física e Dança da Universidade Federal de Goiás (UFG), foi organizado em três eixos: esporte, arte e economia solidária. A participação nos jogos foi aberta aos usuários, familiares e profissionais da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e participaram das atividades cerca de 300 pessoas de todo o Estado.

Os jogos contemplaram tanto o público adulto, quanto o infantil. As modalidades oferecidas foram queimada-mista, dama, dominó, jogo da memória, tênis de mesa, basquete de rua, vôlei misto e torneio de golzinho. A programação também incluiu música, dança, teatro, poesia, batalha de rap, exposição de arte e feira de economia solidária. A pontuação em cada atividade foi determinada pela participação e não pela competição ou habilidades individuais.

Mas os participantes também levaram atividades ao evento. O Caps AD Viver aproveitou para mostrar o artesanato feito pelos pacientes, além de apresentação musical e poesia. Já o Vidativa ofereceu oficina de yoga.

Integração e bem-estar

Os Jogos Goianos da Saúde Mental se inserem no contexto da luta antimanicomial e da reforma psiquiátrica brasileira. A iniciativa é uma ferramenta de cuidado que visa promover espaços de integração da rede de saúde mental de Goiás. Para o idealizador do evento, o professor de Educação Física da UFG, Iderlan Soares, as pessoas estão acostumadas a eventos em que se premiam ‘os melhores’, onde prevalecem valores individuais que se sobrepõem aos coletivos e solidários e esses jogos foram diferentes.  “Que os jogos e os esportes assumam outra dimensão além da competição. Que seja uma prática libertadora e emancipatória cujo padrão de felicidade seja a busca do bem-estar”, diz

Serviço:

Caps i Crescer

Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)

Endereço: Rua 07 de Setembro, n° 743 – Centro

Telefone: 3902- 2615

 

Caps AD Viver

Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)

Endereço: Av. Engenheiro Portela, nº 820 – Centro
Telefone: (62) 3902-1299

 

Caps Vidativa

Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)
Endereço: Rua 1º de maio, nº 26 – Centro – Anápolis (nova sede)

Telefone: 3902-1698