Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Prefeitura e população se juntam na caça ao mosquito

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

19/12/2018 09h11 - Atualizado em 19/12/2018 10h09

Prefeitura e população se juntam na caça ao mosquito

Ação de mobilização acontece nesta quinta-feira, 20, no Jardim Esperança

O Dia D da campanha Anápolis contra a Dengue acontece nessa quinta-feira, 20, a partir das 8h, no Jardim Esperança, e simboliza o início de um trabalho das autoridades de saúde do município e da população para manter controlada a incidência da doença na cidade.

No ano passado, o prefeito Roberto Naves chamou a sociedade civil organizada – igrejas, escolas, militares e clubes de serviço – para ajudar na luta contra o mosquito Aedes aegypti e o trabalho deu resultado: o número de casos de dengue caiu 83% em relação a 2016.

A meta é tentar baixar ainda mais esse índice. A eliminação dos focos do mosquito representa não só a diminuição da dengue, mas também da chikungunya e febre zika, as outras duas doenças transmitidas pelo mosquito.

O Dia D no Jardim Esperança tem início a partir das 8h, em um ato em frente à Escola Betesda, na Rua Divino Pai Eterno. De lá vão partir em visitas residenciais cerca de 40 agentes de endemia. Quem tiver entulho nos quintais pode retirar para fora, que caminhões vão fazer o recolhimento.

O Jardim Esperança foi escolhido para receber o primeiro mutirão pelo fato de ser a localidade na cidade com mais infestações do mosquito da dengue.

“Os agentes vão procurar focos do mosquito e, principalmente, orientar os moradores sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti. É importante reforçar isso para que tenhamos uma estação chuvosa com baixo número de casos”, explica o secretário municipal de Saúde, Lucas Leite.   

Mobilização
No dia 23 de novembro o prefeito Roberto Naves se reuniu com representantes das igrejas, militares, organizações civis e lideranças políticas para pedir apoio na luta contra a dengue. “A participação de todos vocês, e das instituições que representam, é fundamental para o êxito dessa campanha”, reforçou na ocasião.

Desde o dia 15 de outubro, os agentes de endemias estão nas ruas visitando as casas dos anapolinos. Neste ano, eles ganharam reforço com o auxílio dos agentes comunitários de saúde, que atuam em suas áreas de cobertura. Somando, são mais de 700 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, e 20 da Ala 2 (antiga Base Aérea) em atuação contra o mosquito Aedes aegypti.