Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Prefeitura homenageia merendeiras da rede municipal de educação

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

11/10/2017 18h01 - Atualizado em 16/10/2017 17h55

Prefeitura homenageia merendeiras da rede municipal de educação

Evento reuniu cerca de 280 profissionais

Quem não se lembra com carinho das dedicadas merendeiras do tempo de escola? Foi no intuito de homenageá-las que a Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação, reuniu cerca de 280 profissionais nessa última terça-feira, 10, no auditório da Escola Municipal Ayrton Senna.

O evento teve uma programação diversificada com palestras, sorteio de diversos prêmios e homenagens. Em um momento emocionante, as merendeiras Dormeci de Morais Pires (Tia Dó), já aposentada, e Laíde Dias Dourado, foram lembradas pelo excelente trabalho exercido em mais de três décadas e também foram presenteadas com um retrato desenhado pelo artista Gedson Chrisostomo.

Segundo o secretário municipal de Educação, Alex Martins, o encontro realizado com as merendeiras teve como objetivo proporcionar um momento de interação e reconhecimento. "Esse evento tem um valor simbólico muito importante porque tem a intenção de valorizar e reconhecer o importante trabalho que essas profissionais executam com brilhantismo nas unidade escolares. Essa é a nossa forma de dizer, muito obrigado." concluiu.

Até hoje, mais de oito anos após se aposentar, Tia Dó, que trabalhou na Escola Municipal Wady Cecílio por 31 anos, é lembrada com muito carinho e admiração, sendo muitas vezes reconhecida na rua por ex-alunos que passaram pela escola nessas décadas em que ela dedicou à educação municipal. “Eu fico muito emocionada com todo o reconhecimento de ex-alunos porque muitos deles hoje estão formados e saber que fiz parte desse processo me deixa muito feliz”, contou.

Quando perguntada sobre o que ela sente mais saudade do tempo em que trabalhava na escola, Dó se emociona. “Ah sinto saudade de tudo. A escola foi minha história e as pessoas que trabalharam comigo eram minha família, nos momentos mais difíceis da minha vida foi o trabalho que me ajudou a superar as dificuldades”, disse com a voz embargada.