Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Prefeitura lança Campanha do Agasalho e ações para população em situação de rua

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

09/05/2018 16h32 - Atualizado em 09/05/2018 16h42

Prefeitura lança Campanha do Agasalho e ações para população em situação de rua

A ação deste ano é direcionada não só às famílias e instituições beneficentes, mas também às pessoas que não têm onde morar

Foto: Daniel Carvalho/Ascom

Procuram-se corações quentes para espantar o frio. Este é o tema da Campanha do Agasalho 2018 lançada nesta quarta-feira, 9, pela Prefeitura e instituições parceiras que, todos os anos, se unem para aquecer quem não tem condições de adquirir roupas e cobertores para se proteger do frio. Além de dar início à missão conjunta, o prefeito Roberto Naves fez a apresentação do Serviço Especializado de Abordagem Social, que já ganhou um veículo para desenvolvimento de suas ações, e nomeou a recém-criada Comissão para Acompanhamento dos Atendimentos às Demandas Imediatas Apresentadas pela População em Situação de Rua.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, Tânia Aparecida da Silva, entende que toda campanha só tem significado real se houver engajamento de toda a sociedade. E é isto que torna esse movimento forte e exitoso em Anápolis, na sua avaliação. “A Prefeitura conta com uma rede de parceiros muito comprometida e consciente de sua responsabilidade social”, afirma a secretária. Ela aproveitou para agradecer a presença dos parceiros, da primeira-dama Vivian Naves e do vice-prefeito Márcio Cândido.

E esses parceiros citados pela secretária Tânia Aparecida são a Câmara Municipal, Base Aérea, Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Polícia Militar do Estado de Goiás, Bombeiros Militar, Sesc, UniEVANGÉLICA, Brasil Park Shopping,  Anashopping, Rotary Clube, Conselho de Pastores e Sindicato Rural. Todos vão trabalhar para arrecadar, até 30 de junho, cerca de dez mil itens entre roupas – calças, pijamas, meias -, agasalhos e cobertores. É importante que estejam em bom estado de conservação.

Todos os itens obtidos serão doados para instituições filantrópicas do município, como comunidades terapêuticas, entidades de longa permanência para idosos e crianças, para famílias cadastradas no Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e pessoas que estejam vivendo na rua. Quem quiser contribuir tem à disposição vários postos de coleta. Confira, abaixo, a lista completa.

Serviço de Abordagem Social

O evento realizado para dar início à Campanha do Agasalho serviu também para apresentação de uma nova ação da administração municipal – o Serviço Especializado de Abordagem Social – e para a nomeação da Comissão para Acompanhamento dos Atendimentos às Demandas Imediatas Apresentadas pela População em Situação de Rua. O prefeito Roberto Naves explicou que o Serviço Especializado vai funcionar de forma continuada para buscar a resolução de necessidades imediatas e promover condições de acesso à rede de serviços socioassistenciais.

Segundo o prefeito, além de acesso à rede serviços, o projete pretende dar acesso às demais políticas públicas na perspectiva de construção do processo de saída das ruas e da garantia dos direitos individuais. Esse trabalho vai ser realizado por educadores sociais, que foram designados para esta função: Antonio Lisboa de Oliveira Filho, Lemuel Esteves dos Santos, Rosania Alves Correia, Wanderson Santos Souza, Wellington Pereira de Oliveira eJordan de Souza.

A comissão designada para acompanhar as demandas da população em situação de rua, apresentada pelo prefeito, é composta por Glorismar Melazzo (Secretaria de Desenvolvimento Social), Estefânia Cheruli Fernandes (Saúde), Carlos Alberto Rodrigues (Observatório de Segurança) e João Pereira de Souza (Divisão de Postura). Os membros suplentes são: Eerizania Eneas de Freitas Lobo, Rúbia Vaz Borges Freitas,Ednéia Gomes Borges e Luiz Sérgio Silva.

Postos de coleta