Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Prefeitura usa teatro para discutir trabalho infantil

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

11/06/2019 10h36 - Atualizado em 11/06/2019 11h23

Prefeitura usa teatro para discutir trabalho infantil

Oficina teatral estimula crianças a desenvolver a criatividade e assim valorizar os momentos de brincadeiras

Foto: Renato Lopes - Dircom
Falar sobre um assunto sério, arrancando risadas das pessoas. É assim que a Prefeitura de Anápolis está discutindo o combate ao trabalho infantil com as crianças que frequentam os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município. Abordar o tema não é fácil, mas também não é impossível e por isso a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social firmou uma parceria com a Cia. Truks, de São Paulo (SP), para desenvolver oficinas de teatro e despertar a criatividade dos participantes.
 
As ações começaram nesta segunda-feira, 10, com 230 meninos e meninas, entre 7 e 14 anos. Logo no início, a companhia teatral ensinou, de forma lúdica e descontraída, a montar uma peça teatral. Depois, as crianças foram divididas em grupos e cada uma recebeu um objeto aleatório. A partir daí, elas criaram suas próprias histórias. A imaginação correu solta. 
 
Nathalie de Souza, 7 anos, se divertiu bastante durante a atividade e contou que adora criar histórias. “A gente aprendeu a fazer uma coisa virar outra. É só deixar a imaginação livre”, afirmou a pequena, que, com apenas um grampeador, um capacete, uma calculadora e uma vassoura, criou um enredo cheio de fantasia. 
 
A atividade acontece também nesta terça-feira, 11, com mais 200 crianças de outros SCFV. Só que não para por aí. Tudo que os grupos desenvolverem será apresentado na quarta-feira, 12, no auditório do Fórum, durante evento que marca o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. “O nosso objetivo é mostrar que vocês podem brincar com os objetos que têm em casa mesmo. É só deixar a imaginação guiar. Também queremos que entendam que, na idade que estão, a obrigação de vocês é exclusivamente brincar e estudar. Esta é a fase da vida que a criatividade está mais aflorada. Não percam isso”, disse o diretor da Cia Truks, Henrique Sitchin.
 
“É dessa forma que desenvolvemos nas crianças a consciência de como é prejudicial o envolvimento com o trabalho infantil. Muito além de tirar a criança da escola, elas ficam vulneráveis a diversos tipos de violência”, explicou a titular da pasta, Eerizania Lobo, ao afirmar que o tema também é discutido com os responsáveis das crianças pelas equipes da Prefeitura.
 
Trabalho infantil
No Brasil, o trabalho é considerado crime para menores de 14 anos. A partir desta idade, é permitido apenas na condição de aprendiz, sem que comprometa a atividade escolar e desde que não ocorram atividades insalubres ou jornadas noturnas.
 
SCVF
Os 17 núcleos dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos estão localizados nas regiões norte, sul e leste de Anápolis. O público-alvo são crianças com idade entre  4 a 17 anos, que estão em situação de vulnerabilidade social, financeira e de acolhimento. A porta de entrada para o programa é o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.
 
Programação:
 
Oficina de Jogos Teatrais
Data: 10 de junho
Horário: 9h às 11h e 14h às 16h
Local: SCFV Vila Mariana
 
Oficina de Jogos Teatrais
Data: 11 de junho
Horário: 9h às 11h e 14h às 16h
Local: SCFV Vila Jaiara
 
Apresentações teatrais
Data: 12 de junho
Horário: 9h às 11h e 14h às 16h
Local: Auditório do Fórum
 
3ª etapa do Circuito Anapolino de Corrida de Rua – Tema: Combate ao Trabalho Infantil
Data: 30 de junho
Horário: 8h
Local: Ala 2 (Base Aérea)

Prefeitura usa teatro para discutir trabalho infantil