Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Projeto Borboleta facilita transição da educação infantil para o ensino fundamental

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

10/11/2017 17h28 - Atualizado em 10/11/2017 17h32

Projeto Borboleta facilita transição da educação infantil para o ensino fundamental

Iniciativa criada pela atual gestão será levada a outras unidades da rede municipal de ensino

Nesta última quinta-feira, 9, a Escola Municipal Professora Lena Leão recebeu visitas de alunos e pais do Cmei Professora Leonor Marques da Silva, em uma tarde bastante divertida e cheia de surpresas. A visita monitorada trata-se da primeira ação do Projeto Borboleta, criado pela atual gestão, com o objetivo de minimizar os impactos da transição das crianças da pré-escola para o ensino fundamental. Promovido pela Secretaria Municipal de Educação, tem a coordenação das professoras Franciele da Silva Carvalho e Valéria Miguel da Cruz.
 
“A transformação da indefesa lagarta em uma elegante borboleta é, realmente, uma das mais belas obras do autor da vida executada pela natureza." A frase de Hully Segatti retrata de maneira poética o processo de metamorfose que acontece na formação da borboleta. E é essa transição que simboliza o conceito do projeto Borboleta. Segundo a professora Franciele, a facilitação desse processo de transição é fundamental para a plena adaptação das crianças. "A intenção é mostrar para as crianças e pais que essa transição é uma fase natural da vida, sendo necessário, portanto, a quebra de alguns laços que o ambiente lúdico do Cmei proporciona”, destacou. 
 
O projeto acontece em diferentes vertentes de atuação, como ações preparatórias na salas de aula com literatura infantil direcionada, orientações aos professores do Ensino Fundamental, questionários que são respondidos pelos pais e atividades diversificadas que proporcionam segurança para que as crianças possam enfrentar esse momento com naturalidade. Segundo a Leidiane, 32, mãe do Arthur, o projeto cumpriu o objetivo em proporcionar a confiança que ela necessitava para esse momento tão importante. “Eu achei muito válido, o Arthur já conheceu o ambiente, as professoras e até os futuros colegas. Então, no ano que vem, não vai acontecer uma situação de estranheza absoluta. Ele já está quase totalmente adaptado” disse. 
 
De acordo com o secretário municipal de Educação, Alex Martins, a iniciativa vem de encontro com os debates que foram levantados na construção da Base Nacional Comum Curricular. “Todos os questionamentos que foram abordados na construção da Base Nacional Comum Curricular, apontaram para a necessidade de que haja esse equilíbrio entre as mudanças introduzidas nesse processo de transição, garantindo de forma tranquila a integração e continuidade dos processos de aprendizagens das crianças, nesse aspecto o projeto Borboleta cumpre muito bem o seu papel”, destacou. O projeto também será levado a outras unidades da rede municipal de ensino. 
 
 
 
 
 

Projeto Borboleta facilita transição da educação infantil para o ensino fundamental