Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Projeto de paisagismo é desenvolvido na Escola Luiz Carlos Bizinotto

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

17/12/2018 15h57 - Atualizado em 17/12/2018 16h40

Projeto de paisagismo é desenvolvido na Escola Luiz Carlos Bizinotto

Em parceria com o Grupo de Defesa Ambiental, Prefeitura desenvolve inúmeros projetos de plantio de mudas

Azaleias, zínias, palmeiras de leque, hileias verdes, espirradeiras, amoras, araçás e quaresmeiras. Essas espécies estão ornamentando a Escola Municipal Luiz Carlos Bizinotto, na Vila União, a primeira unidade a integrar o programa Escola Nova, que tem foco na tecnologia, na inclusão, na inovação e na sustentabilidade. E seguindo nessa perspectiva, as questões ambientais não poderiam ficar de lado. Assim, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente com a ajuda do Grupo de Defesa Ambiental (GDA) realizou, em um final de semana, o plantio de 174 mudas de árvores e flores.

O secretário municipal de Educação, Alex Martins, afirma que todas as escolas do município vão contar com projetos de paisagismo como o feito para a Escola Bizinotto. Ele explica que a proposta da Secretaria de Meio Ambiente é criar um espaço de interação das crianças com as plantas. Segundo o diretor de Limpeza Urbana, Parques e Jardins, Antônio El Zayek, a ideia é mudar o conceito de jardim como algo apenas para olhar.

Por isso, são escolhidas plantas que ornamentam e produzem, levando em conta, também, a preservação de espécies nativas. “Um jardim é um lugar para sentimos as texturas, os cheiros, as cores, e que contribuem para melhorar o micro-clima e a qualidade do ar”, afirma ele.

Conforme Antônio El Zayek, as parcerias têm sido a tônica da atual gestão da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano. “O GDA tem colaborado muito conosco na execução dos nossos projetos, tanto na produção de mudas quanto no plantio de mudas produzidas nos nossos viveiros”, destaca.

Grupo de Defesa Ambiental
Grupo de Defesa Ambiental é uma instituição sem fins lucrativos, formada por voluntários, homens e mulheres de várias idades e de profissões diferentes, mas com um único ideal: zelar para que os patrimônios da natureza - a fauna e a flora - sejam conservados como uma eterna fonte para uma melhor qualidade de vida. A Organização Não-Governamental (ONG), embora com poucos anos de atuação na cidade, apresenta um trabalho consistente e maduro. A sede do grupo é no Bairro Residencial das Flores e o telefone para contato é 9 9220 7498.