Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Servidores se unem pelo bem-estar da cidade

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

09/02/2019 11h57 - Atualizado em 09/02/2019 12h00

Servidores se unem pelo bem-estar da cidade

Cerca de 200 pessoas e 40 equipamentos estiveram envolvidos na segunda edição do programa, realizada na manhã deste sábado, 9

“Apenas nos fundos do [Conjunto] Vila Verde nossa equipe recolheu aproximadamente 62 toneladas de lixo, de entulhos”. A declaração do secretário municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano, Jakson Charles, dá a dimensão do trabalho realizado neste sábado, 9, durante o Limpeza em Ação. Pelo menos 200 servidores da pasta e 40 equipamentos – entre caminhões, tratores, roçadeiras etc – estiveram envolvidos nesta segunda edição do programa, incluída no cronograma de serviços da Prefeitura de Anápolis, com realização a cada 15 dias.

Para garantir agilidade, os trabalhadores foram divididos conforme as ações. A roçagem, por exemplo, ficou por conta de oito equipes. Simultaneamente aconteciam as podas, recolhimento de lixo e entulho e coleta de móveis e eletrodomésticos sem uso. “Fizemos a coleta de dois sofás que foram deixados em um terreno baldio. Nosso trabalho é gratificante pelo sentimento de oferecer uma cidade mais limpa, bonita e saudável, Mas, eu queria aproveitar e pedir à população que ajude mais a Prefeitura, que ajude Anápolis, evitando esses descartes irregulares”, diz Jakson Charles.

Na edição deste sábado, 9, foram atendidos o Bairro Batista, Conjunto Vila Verde, Conjunto Raul Balduíno, Jardim Ana Paula, Vila João Luís de Oliveira, Vila Miguel Jorge e Bairro Santo André. Na próxima etapa serão contemplados outros seis bairros: Jardim Gonçalves, Loteamento Olhos D’Água, Residencial Victor Braga, Residencial Alphaville e Vila Santa Rita, encerramento o circuito no Jardim Bom Clima. “Assim, teremos passados por toda esta região”, diz o secretário de Meio Ambiente, lembrando que o Limpeza em Ação não acarreta em despesa adicional para a Prefeitura, já que será feita a compensação de horas. “Tudo para servir melhor o cidadão”, conclui Jakson.