Rede de Proteção Especial

A Rede de Proteção Especial é formada pelos órgãos de atendimento à criança e adolescentes, com o objetivo de atender com eficiência, rapidez e dignidade, as crianças e adolescentes vítimas de violências sexuais e domésticas. Compõem essa rede o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), Conselhos Tutelares, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Juizado da Infância e Juventude, Promotoria da Infância e Juventude, Delegacia da Infância e Juventude, Hospital  Municipal e Santa Casa.

Instituições de atendimento

Devidamente registradas no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), as instituições de acolhimento a crianças e adolescentes realizam importante papel no atendimento emergencial  e/ou  provisório no município. Conveniadas com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, recebem recursos humanos, subvenções financeiras, gêneros alimentícios, de higiene e limpeza, e apoio em geral para realizar um bom atendimento. São estas as instituições: Abrigo Mater Salvatóris; Instituto Cristão Evangélico (IVEG); Instituto Luz de Jesus; Instituto Nossa Senhora do Rosário, e Instituto das Mães de Santa Cruz e São Pio. São aproximadamente 300 crianças e adolescentes em situação de abrigo ou acolhimento em nosso município.